Busca no site:

Pesquisa que investiga formação de futuros professores em avaliação educacional entra em nova fase

Estudo realizado pelo CAEd com 971 Instituições de Ensino Superior (Censo 2010) que possuem curso de Pedagogia presencial está entrando em nova fase. A primeira fase da pesquisa “A Formação e a Capacitação em Avaliação Educacional nos cursos de Pedagogia” – aprovada no edital 2009 do observatório da Educação da Capes/Inep/MEC – contou com um levantamento realizado em todo o país e obteve a participação de 21,3% das IES. Para a pesquisadora responsável pelo levantamento, Marcela Mara dos Santos Silva, educadores que conhecem a importância da avaliação podem contribuir de forma mais efetiva para elevar a qualidade do ensino e da aprendizagem dos alunos.

De acordo com Marcela, que atua na Unidade de Pesquisa do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF), coordenada pelo professor Dr.Tufi Machado Soares, a primeira parte da pesquisa investigou as IES para saber quais delas possuíam uma disciplina específica sobre Avaliação Educacional em Larga Escala ou outra que abordasse o conteúdo, como preveem as Diretrizes Curriculares do Curso de Pedagogia. Entre as instituições que participaram do estudo, 31,4% informaram que seus cursos oferecem uma disciplina que aborda Avaliação Educacional em Larga Escala, tendo a abordagem do tema confirmada por ementa. Outros 12% informaram não ter nenhuma disciplina que aborde o assunto. E 56,6% afirmaram oferecer uma disciplina, mas a abordagem não foi confirmada de acordo com as ementas.

O próximo passo é conhecer melhor a percepção dos coordenadores e/ou professores sobre a importância de abordar a Avaliação em Larga Escala nos cursos de Pedagogia. Segundo Marcela, o estudo será dividido em três partes. O primeiro contato vai ser feito com os coordenadores para que eles enviem os e-mails dos professores das disciplinas ligadas à Avaliação Educacional em Larga Escala. “Será enviado para os professores, via e-mail, um questionário para obter informações sobre as práticas pedagógicas em sala de aula. Queremos saber se os professores acompanham os resultados das avaliações externas feitas pelo governo e conhecer as impressões dos futuros educadores acerca do conteúdo, além de outras informações relevantes”, explica Marcela.

Com relação às instituições que manifestaram não ter a disciplina de avaliação, Marcela vai usar um instrumento de pesquisa diferente para identificar como foi feita a construção da matriz curricular e outras questões. No caso dos cursos em que o coordenador afirmou ter a disciplina, mas cujo conteúdo não foi confirmado nas ementas, o procedimento será o mesmo utilizado nas IES que responderam corretamente. Esse questionário permitirá identificar se os cursos de fato abordam a avaliação educacional em larga escala. A expectativa agora é em relação à participação dos coordenadores e/ou professores na segunda parte da pesquisa. Marcela espera que os 21,3% das IES que se envolveram na primeira parte do estudo participem da conclusão do levantamento. “A permanência destas IES na segunda parte da pesquisa agora se torna indispensável”, concluiu a pesquisadora.


Criado em: 19 abr 2013 | Categoria: Notícias |