Busca no site:

O que fazemos

Dos quatro programas em que se baseiam a Unidade de Pesquisa (UPE), os ímpares são basilares para a reflexão das atividades centrais do CAEd: a avaliação educacional em larga escala.

O Programa I se dedica à reflexão sobre os conteúdos curriculares e a expressão deles em matrizes de referência nas quais se baseiam os testes. Essa reflexão tem como dimensão latente o desenvolvimento cognitivo dos alunos das escolas públicas brasileiras. É esse processo cognitivo que se deseja observar e mensurar com a aplicação dos testes de proficiência. Para tanto, este mesmo programa também se concentra na análise qualitativa e pedagógica dos resultados de alunos e escolas, fundamentalmente a partir da interpretação aprofundada das escalas de proficiência, que são o principal instrumento de diálogo com os professores acerca do desempenho dos alunos e do diagnóstico das dificuldades de aprendizagem, estágio de desenvolvimento cognitivo em cada área do conhecimento e desafios pedagógicos a serem enfrentados na sala de aula e na escola como um todo. Soma-se a isto as reflexões sobre o Desenvolvimento Profissional de Professores e Gestores responsáveis pela organização do espaço escolar em prol do avanço da qualidade da educação.

O Programa III opera em estreita parceria com o Programa I. Trata do contínuo aprimoramento tecnológico e estatístico dos procedimentos de cálculo das proficiências. Dedica-se a estudos que avancem na consolidação da validade e da fidedignidade dos resultados aferidos. Realiza também outros estudos, para além dos resultados de proficiência, que investigam os principais fatores relacionados ao desempenho dos alunos, como clima escolar entre outros. É responsável pela validação estatística dos indicadores adotados pelo CAEd bem como a proposição de novas medidas, índices e escalas, tendo em vista informar cada vez melhor ao gestor público sobre o processo de tomada de decisões educacionais estratégicas.

Os Programas II e IV avançam na direção da pesquisa em larga escala, aplicada à gestão educacional e à tomada de decisões estratégicas. Em continuação com o desenvolvido pelas pesquisas já mencionadas, estes programas complementam a produção acerca do diagnóstico ampliado da Educação Brasileira por meio de projetos dedicados à produção dos principais indicadores educacionais de rendimento (fluxo), condições de oferta e de trabalho docente, produção de informações fidedignas capazes de instruir a avaliação de políticas públicas, análise de modelos de gestão de avaliação de sistemas de ensino e produção de dados e análises mais próximas à escola, notadamente relacionadas à gestão escolar, procedimentos mais eficazes, eficientes e socialmente produtivos, modelos, tipos e resultados relacionados, além do desenvolvimento profissional dos atores escolares, em especial educadores e gestores.